Karl Max Way

Semana passada vi o curta “Karl Max Way”, que fez parte da mostra competitiva brasileira – e ganhou menção honrosa – no festival de documentários “É Tudo Verdade”. Através de entrevistas com o courrier (no Brasil conhecido como ‘motoboy’) Karl Max, ele revela as dificuldades, angústias e trâmites dos brasileiros ilegais em Londres que ocupam cerca de 80% das vagas de courriers da cidade.  O curta foi o trabalho final do mestrado em documentário de Flávia Guerra, jornalista do Estadão, que foi para Londres em 2008. Ele é bem feito e coerente, e acabei me emocionando porque nos meus 6 anos por lá conheci diversas pessoas nessa situação. Quem tiver oportunidade de ver, vale a pena.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s